Projeto verão para a vida toda

Quando a primavera se aproxima e a temperatura começa a aumentar, alguns pensamentos relacionados ao corpo ou, melhor, à exposição dele, já começam a surgir: praia, piscina, roupa curta e, para quem deseja emagrecer, como chegar no verão aceitando melhor a imagem que se tem do próprio corpo.

A primeira ideia é colocar o projeto verão em prática. Já que o tempo é curto, isso pode significar uma grande restrição alimentar, excluindo grupos de alimentos como, por exemplo, doces, farináceos, frutas ou, ainda, algum nutriente específico como os carboidratos, o glúten ou a lactose.

Antes de já sair tomando algumas decisões relacionadas ao emagrecimento, é importante parar para pensar sobre o que deseja, sobre as expectativas e, também, como fazer para atingir o emagrecimento desejado. Se a intenção é colocar em prática um projeto, ele tem que ser pensado e planejado para que não surja nenhuma frustração no meio do caminho.

#projetoverao
As redes sociais já fazem parte da vida e do dia a dia. Estar conectado facilita o acesso às pessoas que têm o estilo de vida e o trabalho baseados no culto ao corpo e à beleza. Por essas pessoas terem o que é desejado mostrando exaustivamente o corpo e a vida perfeitos, elas passam a ser fonte de inspiração e motivação.

As hashtags que fazem parte do mundo das redes sociais, além de incentivar a interação, passam a identificar o que se busca e a qual grupo quer fazer parte. Por isso que, nesse momento, a hashtag #projetoverao passa a ser frequentemente usada e, muitas vezes, há o incentivo de atitudes extremas em relação à alimentação e à prática de atividade física que, no final, não leva a uma relação saudável com os alimentos e com o corpo.

Pensando nisso, é necessário saber que, o que serve para a pessoa que parece perfeita na rede social ou para aquela que admiramos não serve, necessariamente, para nós. Somos únicos e isso significa que cada corpo, peso, ritmo de vida, preferências, estilos de vida, relações sociais, emoções e sentimentos são aspectos pessoais e individualizados que têm relação direta como nos alimentamos. E, claro, eles devem ser respeitados na hora da decisão do que precisamos para chegar no verão com uma melhor aceitação do corpo.

#projetoveraopravidatoda
O desejo de estar se sentindo melhor no verão pode ser uma boa oportunidade para começar a se alimentar melhor, para reconhecer o próprio corpo e, assim, buscar atitudes que levam ao emagrecimento adequado com expectativas reais de peso.

O verão deve ser uma mini meta ou uma meta intermediária dentro de um grande projeto de construção de um novo hábito e comportamento alimentares.

Pensando em um projeto verão que inicie essa mudança que irá ser consistente para que se torne um novo hábito, é necessário começar analisando o tempo e o objetivo de peso até o verão.

Alinhando a expectativa à realidade
É importante ter metas alinhadas à realidade e ao prazo de tempo que foi determinado para atingi-las. Para isso, é fundamental reconhecer qual é o peso atual e qual é o peso que deseja atingir. O total de peso a ser eliminado é possível considerando o intervalo de peso?

Para saber se sim, é necessário considerar dois fatores:

– A eliminação de peso deve ser de, no máximo, um quilo por semana;
– Vida social, emoções, fatores ambientais e de exposição aos alimentos interferem em como nos alimentamos e, consequentemente, na eliminação de peso. Diferenças na quantidade de peso eliminada por semana irão acontecer e, portanto, não imagine-se eliminando um quilo toda semana, linearmente. Saiba que haverá semana na qual o emagrecimento não ocorrerá ou será menor do que o desejado.

A revisão do objetivo deve ser constante para que isso traga consciência da evolução e, claro, evite frustrações que pode levar à desistência de ter uma melhor alimentação e um corpo mais saudável.

Responder às perguntas “quantos dias até o verão?”e “o meu objetivo é possível?” determinam se a eliminação de peso será feita respeitando os limites do corpo e da saúde e, principalmente, se será sustentado por um período mais longo.

Dicas de alimentação
As temperaturas mais altas da primavera e do verão incentivam as boas escolhas alimentares. Por isso, é um bom momento para começar o projeto de emagrecimento buscando sempre a alimentação equilibrada, saudável e respeitado o ritmo de cada um.

Anote as dicas e coloque-as em prática;

– Água, muita água: para que tem dificuldade em beber água no inverno, o aumento da temperatura já ajuda muito! Refresca e sempre mantém o corpo hidratado. Vale lembrar que a alta temperatura aumenta a perda de água do corpo através da urina e pelo aumento da transpiração. Nada de esperar a sede aparecer. Beber água constantemente durante o dia é a melhor atitude.

– Mais frutas, legumes e verduras: se no inverno há resistência em comer esses alimentos por serem frios; nos dias quentes fica muito mais fácil aceitar a introdução deles na alimentação. Se ainda não há o hábito de consumi-los, a dica é prove, prove, prove. Experimente várias vezes um mesmo alimento e varie os alimentos de um mesmo grupo alimentar, por exemplo, prove várias frutas ao invés de comer sempre a mesma.

– Carnes: as carnes com maior quantidade de gorduras ficam mais difíceis de serem aceitas porque elas têm uma digestão mais lenta. Aproveitar a oportunidade para comer mais peixes e cortes magros (coxão mole, coxão duro, maminha, lagarto, filé mignon) é uma boa atitude!

– Frituras: apesar de ser mais difícil digerir alimentos fritos, em algumas ocasiões, eles são as opções mais simples e convenientes. Basta imaginar as opções disponíveis na praia: iscas de peixes fritos, batata frita, queijo à milanesa, lula empanada. Sabendo disso, é necessário se preparar para não cair nessa armadilha. Ter consciência das escolhas alimentares é importante para ter um bom comportamento alimentar. Preparações assadas, grelhadas e cozidas são as melhores opções.

– Longe da fome: calor e fome nem sempre andam juntos. Muitas vezes, o pensamento de que não sentirá fome mais tarde pode ser traiçoeiro. Estar sempre preparado e ter disponíveis alimentos com melhor qualidade nutricional ajudam a estar no comando. Frutas que resistem mais ao calor como maçã, pêra, uva, ameixa são fáceis de carregar e não estragam facilmente.

– Olhar diferente a alimentação: muitas vezes, ao saber que pode haver algum julgamento das pessoas próximas a um novo comportamento alimentar, opta-se por ficar na zona de conforto evitando a responsabilidade pela mudança. Por que não levar legumes e frutas à praia? Por que não levar palitos de cenoura e pepino ao escritório como opção de uma pequena refeição? Por que não ter na bolsa frutas ao invés de chocolates e balas? Superar ideias pre-definidas sobre alimentação e não se preocupar tanto com o que as pessoas vão dizer são atitudes que ajudam na auto-aceitação e tornam o projeto de emagrecimento mais tranquilo.

Mexa-se mais
Sair do sedentarismo e passar a se movimentar mais é um grande aliado do emagrecimento. Os dias mais quentes que acontecem na meia estão já são um convite para sair de casa e caminhar.

Acredite, pequenas atitudes podem não fornecer um gasto de energia tão grande, mas trazem muitos benefícios que impactam no emagrecimento.

Caminhar, subir lances de escada, descer um ponto antes do destino, ir caminhando a algum lugar ajudam na saúde, melhora o humor, melhora as noites de sono, fortalece auto confiança e, consequentemente, são aliados para o engajamento em um estilo de vida mais saudável e, claro, na construção de um novo hábito alimentar e no emagrecimento.

Todo corpo está pronto para curtir o verão
O pensamento de que existe um corpo ideal para ser feliz, realizar um projeto ou ser aceito é uma idealização e padronização, na maioria das vezes, distante da nossa realidade e, principalmente, da nossa possibilidade simplesmente porque há uma diversidade de formas de corpo.

Reconhecer o corpo é entender que ele é único e que a beleza não é uniforme, mas, sim, que cada pessoa pode encontrar o seu jeito ou maneira de se sentir bela.

Não é necessário esperar uma mudança estética para ser mais feliz ou realizar algo que deseja. O emagrecimento deve ser acompanhado de uma postura positiva em relação ao corpo e estabelecendo um peso equilibrado, respeitando aspectos que não podem ser alterados ou modificados como altura e, distribuição de gordura corporal, por exemplo, concentração de gordura maior nos quadris ou na região do abdômen.

Notar a beleza na diversidade de formas corporais é estimular a aceitação do corpo e, a partir daí, encontrar maneiras para cuidar melhor dele.

Você pode falar o que pensa, aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s