Roberta Stella | Nutrição sem dieta


Deixe um comentário

Açúcar adicionado: quanto comer?

 

Açúcar

O açúcar é um ingrediente amplamente utilizado pela indústria alimentícia e está presente tanto em alimentos doces quanto salgados.

Quando uma nova recomendação é feita por algum órgão de saúde, tem um nutriente que sempre está no topo da discussão: o açúcar. Acabou de sair o novo guia alimentar americano que tem como destaque a orientação para que o consumo de açúcar livre – que significa a mesma coisa de açúcar adicionado a um alimento – seja menor do que 10% das calorias contidas na alimentação. Antes de explicar todos esses termos para que fiquem claros, vale lembrar que no começo do ano passado (março, 2015), a Organização Mundial de Saúde lançou essa recomendação e, acrescentou outra: consumo menor do que 5% das calorias do dia em forma de açúcar, ou seja, uma restrição ainda maior, trará benefícios adicionais à saúde como diminuição de cáries dentárias. Eu já escrevi sobre esse tema, veja aqui.

A recomendação norte-americana que, como vimos, está alinhada com a da Organização Mundial de Saúde, leva a algumas dúvidas: Continuar lendo


Deixe um comentário

Sobre acreditar que existem alimentos ruins

alimentos_bons_ruinsPensar que existem alimentos ruins faz mal a você e a sua alimentação. Veja como:

– Acreditar que um alimento é ruim leva ao sentimento de culpa ao comê-lo (e isso não é uma boa relação com os alimentos!);

– Se o alimento é ruim, ele deve ser excluído. Afinal, quem quer algo ruim na alimentação? Exclusão de alimentos leva à alimentação restritiva, desbalanceada e difícil de seguir;

– A crença de que existem alimentos ruins leva à Continuar lendo