Roberta Stella | Nutrição sem dieta

Beber água para enganar a fome? É errado sentir fome?

| 0 comentários

Uma relação muito ruim com a comida e a imposição de regras alimentares levam à dificuldade de entendimento dos sinais do corpo da fome e da saciedade. Essa falta de entendimento leva ao medo de sentir a fome que pode trazer sensações desagradáveis já que, por querer emagrecer, a fome surge como algo negativo e, também, leva às atitudes alimentares que irão prejudicar o emagrecimento.

A seguir, cito três dessas atitudes:

(1) Por achar que a fome é uma sensação ruim, comer pode ser acompanhado de culpa e raiva, principalmente, se a comida for aquela proibida pelas dietas como, por exemplo, doces e chocolates;

(2) Por ter medo de ter fome, previne-se de senti-la comendo antes dessa sensação aparecer, podendo levar, portanto, a uma quantidade excessiva de alimentos e/ou acentuando a dificuldade em entender quando sente fome já que a evita a todo momento;

(3) Atitude muito comum entre pessoas que fazem dieta é tentar mascarar a fome, como se ela fosse algo ruim, errado e que prejudica o objetivo. Beber água, principalmente, entre as grandes refeições, para deixar de fazer uma pequena refeição na meio da manhã ou da tarde, é muito frequente, não para melhorar a hidratação do corpo, mas na tentativa de parar de sentir os sinais físicos que a fome traz como, por exemplo, a barriga vazia ou roncando.

Vale lembrar que a fome é um sinal de sobrevivência do corpo, é o organismo mostrando que ele precisa de energia e de nutrientes já que a glicemia está reduzida e o estômago vazio, indicando que é no momento de comer. Comer quando está com fome é a coisa mais certa a ser feita.

Não duvide da fome, portanto, não espere muito para comer. Nos primeiros sinais, já se organize para ter acesso rápido à comida e um tempo reservado para comer dando atenção que a refeição merece.

Deixe uma resposta

Google+